Posts

Como saber se os resultados não vão indo bem por causa de uma má gestão? Descubra neste artigo 6 erros comuns em estão empresarial que precisam ser evitados.

Quando os negócios não vão indo muito bem a primeira coisa que devemos fazer é uma análise da gestão empresarial. Repensar estratégias e avaliar como algumas ações são conduzidas fazem parte desta avaliação.

Ações que envolvem planejamento, controle, estratégia, processos e resultados são essenciais na rotina financeira de qualquer empresa. No entanto, muitas vezes elas não atingem os objetivos desejados e comprometem os resultados financeiros. Por isso, se o desempenho não estiverem a contento, o melhor a fazer é identificar os erros e reformular os processos.

Foi pensando nesses equívocos que resolvemos listar 6 erros que devem ser evitados na gestão empresarial. Acompanhe:

1. Não considerar a gestão financeira no planejamento

Elaborar um plano onde serão definidas as diretrizes do negócio, como campanhas, metas, entre outras ações, geram custos para a empresa. De nada adianta ter excelentes ideias, investir seu tempo e depois concluir que não terá recursos para tocá-las adiante. Só existe planejamento verdadeiramente estratégico se ele andar lado a lado com a gestão financeira.

2. Não automatizar os processos

A princípio, a tendência é resistir a ele, mas com o tempo qualquer gestor sente falta de um bom software de gestão. A ferramenta auxilia todos os processos e permite o controle e monitoramento de cada operação realizada. Isso ajuda muito na administração da empresa e na percepção estratégica do negócio, melhorando a visão de erros e acertos.

3. Perder o controle do fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um instrumento essencial para a gestão de negócios, pois projeta as entradas e saídas de recursos financeiros da empresa e mantém tudo sob controle. Uma vez que seu uso é negligenciado, pode haver desequilíbrio na saúde financeira da empresa e culminar em prejuízos.

Toda movimentação deve ser controlada. Por meio do fluxo de caixa é possível calcular a rentabilidade, a lucratividade, o ponto de equilíbrio e o prazo de retorno do investimento, tornando-se bem mais fácil acompanhar e saber as possibilidades reais de sucesso dos investimentos.

4. Ignorar a concorrência

Não é bom para qualquer empresa que deseja sucesso no mercado ignorar a concorrência. Isso vale, em especial para aqueles empreendedores que apresentam seus planos de negócios para investidores e caem no erro de esconderem a existência de fortes concorrentes.

Eles, na verdade, saem desacreditados do negócio, tendo em vista que a maioria dos investidores conhece muito bem o setor e acabam descobrindo as informações omitidas.

5. Não pensar em resultados a médio e longo prazo

Algumas ações precipitadas na gestão, como mudar estratégias a todo instante, podem colocar em risco a saúde financeira da empresa. Essas estratégias que, à primeira vista, podem parecer uma boa alternativa, na verdade podem comprometer todo o potencial da empresa e causar prejuízos.

Tenha em mente que bons resultados não surgem da noite para o dia; boas estratégias precisam de um tempo para surtirem efeito. A dica é sempre pensar em soluções para médio e longo prazo. Analisar as tendências do setor — pensando na frente — é também uma boa dica para criar boas estratégias e evitar erros de gestão empresarial.

6. Não mensurar resultados

O uso de indicadores é cada vez mais importante na gestão financeira e operacional de qualquer empresa. Medir resultados para saber se as metas estão sendo atingidas e tomar decisões com base nas análises são vantagens competitivas que devem ser consideradas.

É por meio destes indicadores que se acompanha o fluxo de caixa, o percentual de atingimento das metas de vendas, as margem de contribuição do portfólio de produtos, a melhora ou piora em relação às operações. Empresários que não contam com um painel de indicadores (dashboards) ficam, muitas vezes, sem parâmetros, navegando às cegas pelo mercado.

Quer saber como extrair dados da sua empresa e informações necessárias para alavancar seus negócios? Leio o artigo Análise estatística de dados: por que sua empresa precisa se preocupar com isso?